Contact us
HUESKER Inc.
3701 Arco Corporate Drive
NC 28273 Charlotte
USA
Academic Publications

Aplicação de Geoformas Lineares para Alteamento de Célula de Disposição de Cinzas Provenientes de Usina Termelétrica

Abstract

O presente artigo descreve os trabalhos de dimensionamento, testes de campo e execução do alteamento de uma célula de rejeitos de uma usina termoelétrica localizada na região nordeste do Brasil. Tais rejeitos são compostos por cinzas provenientes da queima do carvão empregado para geração de energia. Os rejeitos eram acondicionados em uma célula de disposição de rejeitos convencional, a qual, segundo previsões de operação da usina, se esgotaria no ano de 2012. A solução proposta foi o uso de geoformas confeccionadas em geotêxtil preenchidas com o próprio rejeito para realizar o alteamento do pátio de disposição, aumentando a capacidade do depósito sem que houvesse a necessidade de expansão de sua área. No período de dezembro de 2012 a julho de 2013, o dimensionamento do sistema determinou a construção de duas linhas de alteamento com geoformas lineares, totalizando três metros adicionais à altura inicial do depósito já saturado. Neste mesmo período foram definidas as condições de instalação e operação das geoformas, bem como as medidas necessárias ao tratamento do rejeito de modo a possibilitar o preenchimento. Por se tratar de resíduo seco e de difícil manipulação, o caso em estudo apresentou-se como um desafio à equipe técnica responsável, o que demandou a realização de uma série de testes em escalas piloto e real para verificação da viabilidade da solução proposta. Os trabalhos de instalação das geoformas e preenchimento com cinzas iniciaram-se em dezembro de 2013. Conforme observado durante os testes realizados, a solução mostrou-se extremamente eficiente e segura, com vantagens técnicas, econômicas e operacionais em comparação à solução convencional.

Conclusion

Em face das demandas crescentes por diferentes fontes geradoras de energia, a importância das usinas termelétricas é crescente na matriz energética brasileira, o que cria demanda por soluções cada vez mais eficientes para operação destas instalações. A adoção de uma solução apropriada para o aumento da capacidade da disposição final do principal rejeito gerado na UTE em estudo apresentou-se como um grande desafio à equipe responsável, dada a indisponibilidade de área necessária à construção de um novo depósito. Desta forma, a aplicação das geoformas lineares apresentou-se como uma solução adequada para a rápida ampliação da capacidade do pátio de cinzas existente. A escassez de parâmetros e métodos de dimensionamento deste sistema com lodo de cinzas gerou a necessidade de se determinar em testes de campo as limitações técnicas e os métodos de operação do sistema. Foi possível concluir, após a observação dos testes e da obra finalizada, que a aplicação das geoformas atendeu às necessidades do projeto, além de apresentar significativas vantagens econômicas e técnicas, devido à simplicidade do sistema e compatibilidade observada com o material de preenchimento. Esta experiência bem suciedida revela a importância de se desenvolverem estudos que subsidiem tecnicamente o dimensionamento deste tipo de sistema, reduzindo a necessidade do embasamento em testes empíricos e disseminando a solução no meio acadêmico.